Há menos de um mês para o início da Copa do Mundo FIFA, grande parte dos brasileiros está preocupada em se preparar para assistir aos jogos e torcer para a nossa seleção. Acontece que, em meio à euforia futebolística, jogamos para escanteio triste realidade que assola o país: a violência contra crianças e adolescentes.

E não falo apenas da violência sexual: falo também do trabalho e exploração infantil, da discriminação, da negligência, do abandono e de agressões em geral, sejam elas físicas ou psíquicas.

Certamente, a realização de um mega evento, como a Copa do Mundo de futebol, traz consigo enorme fluxo de turistas ao país. Muitas pessoas boas, mas, também, muitas pessoas más, capazes das mais abjetas perversidades. Além disso, há certa alienação causada pelo inebriante clima festivo, levando alguns pais e responsáveis a inexplicavelmente faltarem com suas obrigações para com filhos e aqueles que deviam cuidar.

Contudo, o receio e a falta de informação das pessoas impedem que esses lamentáveis episódios sejam denunciados aos órgãos competentes, impossibilitando, assim, que providências sejam tomadas e, a longo prazo, que tais ocorrências sejam significativamente minimizadas, deixando desamparados aqueles que, sozinhos, sequer podem se defender.

Foi pensando nisso que a UNICEF lançou o aplicativo PROTEJA BRASIL, que facilita as denúncias de crimes praticados contra crianças e adolescentes, sem expor o denunciante e mantendo o sigilo de sua comunicação, sempre.

Como funciona, em 3 passos:

1- Faça o download do aplicativo, conforme compatibilidade com o seu celular;

2- Permita que o aplicativo acesse a sua localização;

3- Selecione a instituição especializada na proteção de crianças e adolescentes mais próxima de você e faça sua denúncia, mantendo seu anonimato.

Simples assim!

Além desse aplicativo do UNICEF, a Polícia, o Conselho Tutelar e o Ministério Público devem estar sempre prontos para recepcionar notícias de crime contra crianças e adolescentes.

E nunca se esqueçam, mães, pais e responsáveis: ao denunciarem esse tipo de violência, vocês estarão protegendo também seus próprios filhos e aqueles sob seus cuidados, pois, quanto mais esses criminosos forem acuados e condenados, menos eles se aproveitarão ou atentarão contra seres tão indefesos, concordam?